sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Consumação

Melancólico e sonolento se despediam, um olhando a face iluminada do outro. Mesmo fraco e cansado prolongava o momento derradeiro. Pronto agora não havia mais jeito, com sua mãe à porta ele teria que desligar o computador.

4 comentários:

Gabriella disse...

Tá ficando expert em nini contos, heim?
Bjusssssssssss

The human who sold the world disse...

huahauhauahuahauahuahauhauahu

fiquei tão triste....

Leonardo Borba disse...

Não desligue, o windows esta fazendo atualização automática!rs

Esse mini conto é ao mesmo tempo melancólico e atual.

Cartografia n'alma disse...

rsrs
Muito bom!!!!