terça-feira, 16 de setembro de 2008

Se sinto

Que falta sente meu coração

Daquela doce sensação de te ter

Se eu falo em entender

Seria muita presunção

Sei que sente falta o meu coração.

Parece mentira, despautério

Mistério, incognição

Sinto falta da doce sensação

Dia inteiro nenhuma informação

A noite toda esperando aparição

Quão bobo é meu coração

Por conta de uma linda sensação

Seja a boca seca a tremula mão

Muitos fatos compõem a ação

Força de vontade, resolução

Quem vai ser campeão

Verossímil ou não

Sinto falta da sua sensação



G Machado

2 comentários:

CGM disse...

Ah, saudade!!!!!!!
Inevitável sentir, inevitável a sensação de vazio. Sempre faltará algo, sempre haverá uma dúvida e sempre estaremos esperando.

Tereza disse...

Quem já não se sentiu assim?.... A busca pelo preenchimento desse vazio que tem levado o homem na procura constante da felicidade... e acho que até hoje nenhum homem conseguiu preenchê-lo... afinal... somos imperfeitos e insatisfeitos por natureza... Bjs e mais uma vez parabéns meu poeta...